um LUSOLEITURAS mais dialógico & polifônico

março 25, 2010 às 3:08 | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , ,

discursos

A ideia-chave para compreender o conceito de “dialogismo”, conforme este foi proposto pelo linguista e crítico literário russo Mikhail Bakhtin, é a de interação. Uma ideia que, entretanto, não deve ser desenvolvida de maneira ingênua, destacando apenas as trocas harmônicas entre sujeitos comunicantes, mas pondo em foco os processos de negociação do significado, de cruzamento de referentes culturais e de reinvenção da linguagem que atravessam todos os atos linguísticos. Nas práticas cotidianas da conversa, do bate-papo, da fofoca, da discussão, da interpelação etc, práticas tão características da cultura brasileira, as forças do dialogismo intervém a todo tempo, moldando decisivamente a construção identitária que fazemos dos outros e de nós mesmos. Por outro lado, é importante ressaltar que, para Bakhtin, o mais dialógico de todos os produtos das línguas humanas era o romance, o texto romanesco. Segundo William Cereja, se as gerações atuais perderam, em certa medida, a percepção imediata desse poder dialógico no texto literário, cabe aos professores de língua no ensino básico recolocá-lo em evidência e explorá-lo pedagogicamente, tendo em vista aprimorar nos estudantes tanto o domínio sobre as formas de expressão verbal como a capacidade para interpretar e/ou gerar sentidos – isto é, para exercer uma imaginação organizadora sobre os incontáveis elementos e linguagens com que construímos a realidade. Buscando cumprir com esses objetivos, Cereja recomenda um trabalho de cruzamento entre o texto literário e outros produtos estéticos mais populares, tais como a música e o cinema, realçando convergências e dissonâncias na maneira como temas semelhantes são abordados dialogicamente em distintas linguagens artísticas. Outra sugestão metodológica interessante é a de trabalhar com um corpus diacrônico de obras, colocando em interação épocas diferentes e abrindo espaços para articulações diretas com questões da nossa contemporaneidade.     

Além das propostas de Cereja, outro exemplo de aplicações didáticas do conceito de dialogismo no (árduo) trabalho de ensinar literatura pode ser conferido no artigo A literatura nas séries iniciais no Colégio Pedro II: dialogismo e estética na sala de aula (clique no título para acessá-lo), publicado na Revista Contemporânea de Educação da UFRJ, e composto pelas professoras Glória Tonácio e Patrícia Pacheco. No LUSOLEITURAS, além de algumas mudanças no lay-out para facilitar o acesso a sites úteis para pesquisas, incorporamos na barra direita do blogue uma janela para a conta Twitter em nome do MUJIMBO, o afroblogue-irmão-mais-velho do LUSOLEITURAS, e também uma enquete a ser periodicamente renovada. Concebido sob uma perspectiva polifônica que privilegia, no melhor espírito bakhtiniano, as conjugações entre vozes múltiplas e diferentes e a hibridização dos significados, o MUJIMBO está em fase de reestruturação, mas os valiosos conteúdos sobre as relações afro-luso-brasileiras — especialmente interessantes para @s estudantes da LitPort IV — continuam disponíveis no blogue, acrescentando-se outras referências através da twittagem, que pode ser monitorada aqui no LUSOLEITURAS. Para iniciar as enquetes, retomamos em termos diferentes o debate acerca das competências fundamentais que habilitam @ profissional das Letras para a excelência em seu trabalho. Confiram o painel de votação no lado direito do blogue, e dêem sua opinião.

enquete

 

 

 

 

twitter

Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: