agudeza e plurissignificação: interfaces estéticas

abril 18, 2011 às 23:21 | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , ,

alegoria velho-jovem

Quantas narrativas e quantos sentidos se entrecruzam na imagem acima? Nela, encontram-se habilmente reinscritos o excesso semântico e a poder de articulação entre elementos heterogêneos que caracterizam a estética seiscentista da agudeza, e suas diversificadas expressões barrocas. Interessante notar que as principais tendências da pintura barroca, no século XVII, preferiam investir numa figuração realista, cujo polimorfismo derivava de engenhosas sutilezas pictóricas, engendradas especialmente por composições entre tons claros e escuros, como se pode observar no famoso quadro “Davi e Golias”, de Caravaggio, reproduzido a seguir:

davi   Nas artes verbais, por sua vez, fonemas, palavras e sintaxes são embaralhadas de maneira caprichosa, forçando a conjugação entre significantes desproporcionais e descontínuos, de maneira a gerar efeitos de significação surpreendentes e imagens multifacetadas, como bem se lê num dos poemas do poeta barroco luso-brasileiro Bernardo Vieira Ravasco, irmão do Padre Antonio Vieira, texto também analisado por João Adolfo Hansen, no ensaio Agudezas seiscentistas, disponível AQUI:

Iris parlero, abril organizado
Ramillete de plumas con sentido,
Hybla con habla, irracional florido
Primavera con pies, jardín alado

E aí? Dá para dizer que este poema, ou esta representação barroca, “retrata” um papagaio?

papagaio

Toda linguagem literária produz imagens altamente dinâmicas, imagens moldáveis e remontáveis pela ação direta dos nossos processos imaginativos. É interessante notar que mesmo uma imagem cinematográfica, ou uma pintura, acabam se mostrando representações mais fixas e impositivas do que as figurações com que visualizamos intimamente os personagens de um romance, as paisagens de um conto, as emoções traduzidas num soneto. No caso da literatura barroca, o leitor é sempre conduzido a experiências intensivas de decodificação estética e de construção polifônica dos sentidos.

Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: